Saber a resposta desta pergunta é essencial para evitar dores de cabeça com a Receita Federal neste ano.

A Receita Federal será muito mais criteriosa na Declaração de Imposto de Renda deste ano. As informações declaradas pelo contribuinte , tanto com relação aos rendimentos, como os gastos em 2016, serão cruzadas com as informações prestadas pelas empresas, bancos e, inclusive, instituições de saúde.

Mesmo que você nunca tenha declarado o seu Imposto de Renda, vale a pena conferir se este ano não será diferente, pois os limites e condições para a isenção costumam se alterar.

O critério mais clássico de isenção é a renda anual do contribuinte. Porém, este não é o único. Portadores de moléstias graves como AIDS, cegueira, Doença de Parkinson e Neoplasia Maligna, e muitas outras, podem requerer a isenção do Imposto de Renda se não estiverem exercendo atividade profissional, e estarem aposentados.

Caso você se enquadre neste critério de isenção, sugere-se entrar em contato com a Receita Federal e requerer a sua isenção – você precisará, neste caso,, passar pela avaliação do serviço médico da União.

Muitos, porém, enganam-se na hora de verificar se estão isentos. Um dos equívocos é fazer a declaração de isento simplesmente por não estar exercendo atividade remunerada.

Vale ressaltar que a declaração do IRPF também é obrigatória para as pessoas que, mesmo sem exercer atividade profissional, possuem um patrimônio acima de R$300.000,00, ou possuem ganhos de capital em investimentos como Bolsa de Valores, por exemplo. Também, é obrigatória para estrangeiros que se mudaram para o país e se mantiveram em 31/12/2016.

Se você não se enquadra em nenhum dos quesitos acima, mas, ainda assim, acha que não possui renda suficiente para ser obrigado a declarar o seu IRPF, fique atento aos limites de isenção.

Se você ganhou, somando todos os seus ganhos em 2016, renda superior a R$28.559,70, ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte superior a R$40.000,00, e renda em atividade rural superior a R$142.798,50, você precisa realizar a sua declaração.

A Contabilidade Central está pronta para recebe-lo e te ajudar no que for preciso para que você não caia na malha fina. Nossos profissionais estão preparados para atende-lo no que precisar.

Confira outros benefícios