Conheça algumas técnicas de Gestão Financeira

Independentemente da sua área de formação, ao abrir um negócio, a responsabilidade pelo sucesso dele é sua!

Você pode ser médico, advogado, contador, chef de cozinha, ou um talentoso artista. Não importa.

Ao abrir o seu negócio, você se tornará responsável pelo sucesso deste empreendimento. Além disso, estarão sob seus cuidados o futuro dos seus colaboradores e de suas famílias, que dependerão do salário que você pagar para os seus sustentos.

E se você é um empresário, o cuidado deve ser ainda maior, pois as funções de prestador de serviços e gestor administrativo do negócio demandam quase todo o seu tempo disponível.

O empreendedor e gestor de uma empresa é como o comandante de uma aeronave. Uma vez que esta aeronave sai do chão, suas vidas estão nas mãos deste profissional e dos seus auxiliares, e é bom que a aeronave esteja em boas condições e, principalmente, com combustível suficiente para chegar ao destino final.

O combustível das organizações, naturalmente, é a receita que estas geram com a venda dos seus produtos e a prestação dos seus serviços.

Assim, mais do que pensar em como satisfazer, ou mesmo encantar, seus clientes, o empresário, para gerir o seu negócio, possui o dever de, ao menos, ter um conhecimento mínimo de Planejamento e Gestão Financeira.

Principalmente em tempos de crise econômica, quando a tendência é as pessoas gastarem apenas o necessário, e pouparem o máximo possível de recursos.

O empresário, assim, deve estar constantemente atento à situação financeira do seu negócio, para evitar surpresas desagradáveis.

Planejamento Financeiro é, portanto, uma tarefa essencial e estratégica para o sucesso de qualquer negócio, e esta tarefa envolve questões como planejar um Capital de Giro (manter uma reserva para o negócio continuar funcionando mesmo que a receita não seja suficiente para cobrir os custos e despesas do mês), saber precificar o produto ou serviço (sempre tomando o cuidado de justificar para o cliente, junto com o preço, o valor deste produto ou serviço), e tomar o cuidado de sempre pagar as obrigações da empresa em dia, dando prioridade ao pagamento de salários e tributos.

Porém, em tempos de crise, ninguém está livre de dívidas (nem o seu negócio), principalmente quando o mercado e a elevada concorrência não ajudam.

Quando isso acontece, manter a calma e a racionalidade é essencial para superar este momento difícil do negócio, e algumas dicas a seguir podem te ajudar. Priorizar o pagamento das dividas de valor maior, com o vencimento mais próximo, e com as maiores taxas de juros é essencial para que os recursos financeiros restantes não sejam rapidamente consumidos.

Além disso, o gestor do negócio deve buscar formas viáveis de diminuir suas despesas e, ao mesmo tempo, formas inteligentes e criativas de aumentar a receita de suas vendas, para que não precise recorrer a empréstimos (e, assim, contrair dívidas ainda maiores).

Para estas e outras questões financeiras do seu negócio, a Contabilidade Central pode te ajudar.

Nossos profissionais se encontram preparados para auxilia-lo a gerir de forma racional os recursos financeiros do seu negócio, e fazer o seu negócio ser motivo de alegrias (e não de dores de cabeça).

Solicite uma análise para seu negócio

Não enviamos spam