Quem trabalha com vendas, sabe bem o momento atual que estamos passando, e também sabe que não está nada fácil conseguir vender, revender, alugar, passar adiante, muito menos conseguir um bom cliente.

Agora imagine você nesse cenário econômico em crise e conseguindo manter uma parcela de clientes, quando bow! Ops! Meu cliente sumiu!

O que fazer nessa situação? Quer saber mais? Confira tudo aqui neste post!

Para não ficar apenas nos motivos do porque o cliente sumiu, vamos entrar um pouco mais no assunto e tentar entender o porquê muitas vezes isso acontece, não só pela crise, mas por outros fatores também. Prontos para o texto de hoje? Não perca nada!

Por que o meu cliente sumiu?

Claro que a crise afastou muita gente mesmo, isso não há dúvidas. A quantidade de lojas que tínhamos antes, hoje parece que mais da metade estão fechadas ou simplesmente, com placas de aluga-se ou vende-se. E até para alugar é meio que complicado, porque a concorrência virou meio que uma “guerra mundial”.

Mas independente da crise muitas vezes temos vontade de comprar, temos vontade realmente de entrar numa loja e ver uma roupa, ver um telefone celular novo, ver um móvel que está faltando para a casa.

Mas já perceberam que parece que é meio que obrigação termos que entrar em uma loja e sair com o produto na mão? Já notaram isso?

Às vezes queremos saber o preço, queremos ver modelos e vem o vendedor(a) mais simpático da loja e faz você experimentar todas as roupas (mas você só queria saber o preço daquele jeans em promoção), mas para não constrange-lo(a) você experimenta toda a loja e diz que vai ali no banco sacar o dinheiro, porque está sem.

Daí o vendedor simpático(a) diz que aceita cartão, mas você diz que não trabalha com cartão, que prefere dinheiro. E o vendedor pede os seus dados para já ir adiantando a compra e você nunca mais aparece nem em frente à loja. E fica o simpático(a) vendedor(a) querendo saber por que o meu cliente sumiu? Será que aconteceu algo? Sim! Vergonha.

 

E o meu cliente sumiu e não atende nem telefone

Ah, pois é! E o que dizer dos clientes que somem mesmo, assim, abduzidos?! Geralmente, esse tipo de cliente foge, some quando são perseguidos por corretores de seguros. Sejam eles de carro, saúde, casa, aluguel…

Clientes que muitas vezes vão orçar seguros e acabam sendo perseguidos até à morte pelo o seu corretor. Diga-se de passagem, eles vendem também auxílio funerário, caso você já tenha o seguro de vida. Por isso, com tanta variedade em produto, o vendedor não consegue entender o motivo que o seu cliente sumiu.

Mas é que, muitas vezes não se tem horário para ligar, pode ser pela manhã cedo, à noite, horário de almoço, festas. Eles continuam ligando e insistindo em um produto que muitas vezes você diz NÃO. Você diz que já possui. Mas quando você diz que já possui, vem a pergunta em seguida: “Mas não tem ninguém para indicar?”

É complicado hoje em dia ser vendedor(a), mas também é complicado ser cliente e dizer não.

Sabemos que eles precisam sobreviver, mas a gente também. A gente também precisa passar na frente da loja sem ser agarrado pelo o vendedor(a) que você foi ali só para perguntar o preço de uma calça. A gente precisa conseguir entrar dentro de uma concessionária e perguntar o preço de um carro sem sair com ele dirigindo.

Claro que aí também vai do bom senso de cada um. Existe a crise? Existe!
Existe a vontade de comprar? Existe!

Mas se o vendedor(a) fica na esperança da ligação do cliente, dizendo que o meu cliente sumiu, foi porque o mesmo deu esperança de atender ou retornar ao profissional.

Podemos usar a sinceridade e dizer que não precisa ligar porque realmente não ficaremos com tal produto, agora se mesmo assim persistirem as ligações, aí o cliente some mesmo.

Há a diferença entre vender e forçar. Cabe ao cliente decidir o que lhe convém! Não é mesmo?

Se você quer saber mais motivos do porque o cliente desaparecer e como regata-lo em 5 passos, não perca nosso e-book!

 

Baixe agora mesmo nosso eBook, e saiba mais!

Não enviamos spam